Buser expande e democratiza mobilidade no país

Você já deve ter percebido o recente fenômeno das novas empresas de transporte rodoviário que têm oferecido passagens por preços bem inferiores. Algumas dessas startups como a Gipsy, Wemoby e a Buser, oferecem passagens que podem custar até R$ 30 entre pequenos trechos como de São Paulo ao Rio de Janeiro.

No entanto, muitas delas operam em pequenos trechos, até um pouco limitados por falta de investimentos.

Buser e o investimento de R$ 700 mi
Este ano a Buser recebeu um aporte de R$ 700 milhões para expandir suas operações, já em setembro começou a atender a região norte do país, ou seja, chegando ao status de transporte rodoviário de baixo custo com cobertura nacional.

São 24 novos trechos que conectam o estado do Amazonas, Acre, Rondônia, Tocantins, Roraima e Pará a 13 novos destinos, além de ampliar a rota do transporte rodoviário com opções de roteiro de baixo custo país afora.

Estima-se que até o encerramento de 2022 mais de 35 mil passageiros utilizem as novas linhas.

Expectativa do turismo para viagens pós pandemia
Com o ritmo acelerado de vacinação pelo país, dos 213 milhões de brasileiros de acordo com a estimativa do IBGE em 2021, mais de 93 mi já tomaram a segunda dose ou a dose única segundo o Ministério da Saúde (até setembro de 2021).

Procura por destinos nacionais com pequenos trechos de até 500 km para cidades urbanas e turísticas deve crescer 40% até o fim do ano.
Projeções da Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre (Abrati) apontam um investimento de R$ 3 bilhões no setor.

Com o ritmo acelerado de vacinação pelo país, dos 213 milhões de brasileiros de acordo com a estimativa do IBGE em 2021, mais de 93 mi já tomaram a segunda dose ou a dose única segundo o Ministério da Saúde.

Resumo
O fato é que quem trabalha direta ou indiretamente com o setor de turismo pode começar a se preparar para receber esses novos turistas. Após quase dois anos com impasses e limitações de pequenos lockdowns essa retomada pode parecer um pouco difícil.

Se você tem um negócio no setor hoteleiro ou de transporte, quer se preparar para o turismo pós covid-19, mas não sabe por onde começar, pode procurar uma consultoria empresarial, ela coordenará as melhores estratégias para a expansão do seu negócio.

Com informações de: A Cidade On e Ministério da Saúde

Nara Honório, Assessoria de Comunicação
Sandro Zambelli, Direção Comercial

Siga a Consulting Blue nas redes sociais @consultingblue
Indique nosso portal de gestão de empresas para seus amigos empreendedores: www.consultingblue.com.br

Está gostando do conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter

Você também pode gostar destes artigos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *