Gestão: Como funciona e para que serve o indicador EBITDA?

O que é EBITDA

EBITDA, ou Earnings before interest, taxes, depreciation and amortization, em tradução livre o EBITDA significa Lucros antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização (LAJIDA) e é um dos indicadores mais importantes para analisar o perfil e o valor de uma empresa.

Ele é imprescindível para julgar se uma empresa, ou startup está melhorando seu rendimento e seus resultados à curto prazo, organizar esse indicador e comprovar sua estabilidade evita riscos de investimentos futuros e valoriza a empresa.

EBITDA: Como funciona

O EBITDA considera os resultados operacionais da empresa, descontando os principais custos envolvidos durante essas operações, como impostos, custos de produção ou revenda, despesas administrativas e despesas comerciais.

Como fazer o EBITDA

Uma das formas indicadas para obter o valor da porcentagem do EBITDA depende do cálculo sobre o lucro líquido da empresa, obtido no final do DRE.

Para chegar a esse montante soma-se: o lucro líquido + imposto de renda (IR) + Contribuição Social (CSLL) + Resultado Financeiro Líquido + Depreciação e amortização.

Exemplificando:

Modelo de DRE considerando valor de EBITDA

No DRE acima o EBITDA aparece antes do Lucro Líquido, as linhas verdes são totalizadoras (Contas de Resultados) e as linhas cinza são contas de gastos (plano de contas).

A interpretação é que quanto maior o valor obtido de EBITDA, provavelmente menor o grau de endividamento do negócio e maiores as chances de conseguir incentivos e investimentos no negócio.

O EBITDA é o indicador usado para realizar a avaliação do valor de empresa, uma empresa vale um múltiplo de seu EBITDA, depende do tipo de negócio este valor pode ser entre 4 a 30 EBITDAs.

A avaliação de valor de uma empresa leva-se em conta além do EBITDA, alguns outros fatores como estabilidade da carteira da clientes, tradição, ativos, concorrência, ramo de atividade e  outros fatores.

Nas pequenas e médias empresas o valor do EBITDA normalmente é muito parecido ao valor do Lucro Líquido, pois as depreciações e amortizações não costumam ser contabilizadas.

Falamos bastante sobre DRE, inclusive temos uma planilha prontinha para você começar a usar para gerir os principais gastos da sua empresa, você pode baixá-la clicando no botão no final da matéria.

Nara Honório, Assessoria de Comunicação

Sandro Zambelli, Direção Comercial

 

👇🏼👇🏼👇🏼

Baixar DRE grátis

Você pode fazer a análise gratuita do seu plano de negócios aqui

 

Ficou com dúvida sobre algum procedimento, quer saber mais ou tem alguma sugestão de pauta? Comente!

Nossos consultores podem ajudar a implantar de seu plano de negócios, criar estratégias eficientes para alavancar vendas e reduzir os custos.

Inscreva-se nos nossos canais de comunicação nas redes sociais: @consultingblue

 

Está gostando do conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter

Você também pode gostar destes artigos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *